Tratamentos

Carinho e Segurança em cada Tratamento

Tratamentos - Fertilização In VItro - procedimento

A Fertilização In Vitro ou FIV é um método que foi desenvolvido para tratar casais com algum tipo de infertilidade. Durante o procedimento é feita a aspiração de vários óvulos do ovário que são fertilizados.

A Inseminação Artificial é indicada para pacientes que apresentam dificuldades em realizar uma gravidez natural, devido a problemas como Defeitos endocervicais e Distúrbio discreto do sêmen

Tratamento recomendado para mulheres incapazes de produzir seus próprios óvulos, nos casos de menopausa precoce, ooferectomizadas, menopausadas, ou aquelas com doenças genéticas.

A técnica faz uso de microscópio e micromanipuladores, introduzindo o espermatozóide dentro do óvulo com uma agulha sete ou mais vezes mais fina que o diâmetro de um fio de cabelo humano.

O Congelamento de Óvulos consiste em preservar óvulos em nitrogênio líquido, usando uma técnica de esfriamento, podendo ficar armazenado por muitos anos. A Técnica mais adequada é conhecida como Vitrificação

Consiste na coleta de óvulos do ovário, que são transferidos imediatamente à trompa junto com o esperma.

Indicado nos casos de ozoospermias obstrutivas (pós vasectomia, obstrução traumáticas, congênitas e infectosos) ausência de ejaculação por comprometimento medular (neuropatia diabética, paraplégico, tetraplégicos, impotência sexual)

Indicado nos casos em que não encontramos espermatozóides na punção epididimária (PESA/ MESA).

Indicado nos mesmos casos da PESA, porém a técnica de aspiração é um pouco mais invasiva, por necessitar de uma incisão sobre a pele.

O princípio da Indução da Ovulação é estimular os ovários a produzir um pequeno número de óvulos e permitir que a fertilização ocorra por coito programado sob monitorização. As mulheres mais adequadas a esta forma de tratamento são aquelas com distúrbios hormonais e síndrome do ovário policístico.

Terapia Regenerativa Ovariana
com Plasma Rico em Fator de Crescimento. Possibilita um incremento no Tratamento de Reprodução Assistida:
com o Rejuvenescimento Ovariano.

A Reprodução Assistida agora é uma opção válida para casais homoafetivos que desejam ter filhos, aumentando, assim, as possibilidades além da adoção

E etapa final do processo de reprodução assistida, onde os embriões serão colocados no útero da paciente, com a grande expectativa de uma gestação.